top of page

5 doenças fatais prevenidas pela vacinação

Consideradas um dos grandes milagres da ciência, as vacinas podem prevenir e erradicar doenças graves e seu impacto na saúde pública foi notável desde o século passado. Estima-se que entre 24 e 26 milhões de mortes em 94 países de baixa ou média-baixa renda podem ter sido evitadas na década de 2011-2020, com a introdução e o uso contínuos de 10 vacinas.


Conheça a seguir 5 doenças que podem levar à morte e são facilmente evitadas através da imunização:


Pneumonia


A pneumonia é a principal causa de morte entre crianças com menos de 5 anos no mundo, com um óbito a cada 39 segundos! No Brasil, dados do Ministério da Saúde revelam que oito em cada dez mortes por pneumonia entre 2015 e 2017 foram de idosos, o que corresponde a mais de 80% das mortes pela doença.

Mas essa não precisa ser a nossa realidade, já que crianças e idosos podem ser protegidas pela vacina pneumocócica conjugada (PCV).


Sarampo


O sarampo é uma doença viral contagiosa e uma das maiores causas de morte entre crianças não vacinadas. A vacinação é a melhor forma de proteção e de redução do número de casos e mortes.


Meningite


Nos últimos 20 anos, foram reportados quase 1 milhão de casos no mundo com suspeita de meningite e 100 mil pessoas morreram. A doença pode levar à morte em curto espaço de tempo e muitas vezes crianças que sobrevivem ao quadro ficam com sequelas graves, como perda de visão, audição e amputação de membros.


A vacinação em massa é a maneira mais eficaz de limitar a disseminação da meningite meningocócica. A primeira dose é aplicada aos 3 meses de idade, a segunda aos cinco e o reforço, aos 12 meses.


No Brasil, em 2022 foi registrada diminuição da cobertura vacinal, o que leva ao risco do país voltar a apresentar casos graves de surtos e epidemias, como aconteceu na década de 1970.


HPV


O câncer do colo do útero pode ser prevenido e, no entanto, tem provocado um número desproporcional de mortes de mulheres em países de baixa e média renda. A prevenção mais eficaz é simples: a vacinação contra o papilomavírus humano (HPV), causa comum da doença.


Febre amarela


A febre amarela é uma doença hemorrágica viral aguda, causada por um vírus transmitido por mosquitos pertencentes às espécies Aedes. Pode ser prevenida por uma vacina extremamente eficaz, segura e acessível, que produz imunidade em 99% das pessoas vacinadas. Segundos as diretrizes da OMS, uma dose única da vacina é suficiente para conferir imunidade sustentada e proteção ao longo da vida.


Como se prevenir e prevenir seus familiares?


No Brasil, a vacinação para essas e outras doenças está disponível gratuitamente pelo SUS (Sistema Único de Saúde).

Conheça, também, a clínica Salus Imunizações, em São Paulo, onde oferecemos essas e outras vacinas com atendimento humanizado e assistência de profissionais qualificados antes, durante e após a aplicação das vacinas.


Nossa prioridade é o cuidado com a qualidade e o profissionalismo na imunização, sem deixar de lado a empatia, o bem estar e o carinho com os pacientes e seus familiares.




Comments


whatsapp.png
bottom of page